Policiais e Bombeiros Militares de Roraima participam de curso promovido pela Força Nacional

A INC-GE (Instrução de Nivelamento de Conhecimento para Grandes Eventos) teveinício nesta segunda-feira (15) e se estenderá até o sábado (20). A abertura do curso foi realizada na APICS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago), onde será realizado todo otreinamento dos militares.

O curso tem por finalidade nivelar e capacitar 141 policiais militares e 26 bombeiros militares para atuarem junto à Força Nacional de Segurança Pública, na segurança dos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrerão no mês de agosto, no Rio de Janeiro. O resultado dos aprovados no curso de nivelamento será anunciado ainda nesta semana.

O supervisor da INC-GE, capitão da Polícia Militar do Piauí, Inácio Delgado, explicou que os policiais e bombeiros militares roraimenses serão instruídos em controle de multidões, técnicas de utilização de equipamentos de baixa letalidade, armamento, munição e tiro, noções de anti e contraterrorismo, varredura de explosivos, segurança de perímetros e segurança ostensiva de instalações, gerenciamento de crises, direitos humanos e atendimento pré-hospitalar.

“A capacitação tem por finalidade deixar os militares aptos para atuar nas ações de segurança em grandes eventos a nível nacional. Nesse caso específico, o treinamento visa transmitir conhecimentos técnicos e operacionais voltados para a segurança das Olimpíadas, porém o militares poderão ser convocados para qualquer outra ação, desde que haja necessidade, nestes casos eles receberão mais treinamentos para ampliar e reciclar os conhecimentos” destacou.

Para o comandante da Polícia Militar, coronel Dagoberto Gonçalves, as instruções são de suma importância para os policias e bombeiros de Roraima. “Uma vez capacitados, estes militares estarão prontos para atuar em diversas situações, como controle de massas entre outras ações que houver necessidade da aplicação desses conhecimentos”, afirmou.

O treinamento é coordenado pela Força Nacional, que é vinculada ao Ministério da Justiça, e está atuando nos Estados por meio de convênio. A instrução será ministrada por 24 instrutores e monitores da Força Nacional que chegaram à Boa Vista no dia 04 de fevereiro.

A diligência é formada por militares de vários Estados (Alagoas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Pará, Piauí e Tocantins) e coordenada por dois oficiais pertencentes à Coordenação Geral de Treinamento e Capacitação da Força Nacional.

 

NEUZELIR MOREIRA

Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado de Roraima