Roraima diminui índices de crimes violentos, aponta Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Roraima teve redução no número de crimes violentos entre 2018 e 2021, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Levando em consideração somente os dados de Mortes Violentas Intencionais, o Estado teve o registro de 232 pessoas vítimas desse tipo de crime em 2021, uma redução de 46,6% se comparado com 2018, quando Roraima registrou 384 Mortes Violentas Intencionais.

Desse total, 204 registros são referentes a homicídios dolosos, uma queda de 46,4% em relação à 2018. Ainda desse total, 13 casos são referentes ao crime de latrocínio, seis vítimas de lesão corporal seguida de morte e nove mortes decorrentes de intervenções policiais, o que corresponde, respectivamente, à quedas de 18%, 41,1% e 68,2%, se comparados com os dados de 2018.

O Estado também registrou queda no número de pessoas desaparecidas, uma vez que foram registrados 129 casos em 2020, uma queda de 71% em comparação à 2018. Roraima também registrou diminuição no número de crimes contra o patrimônio. Em 2021, foram registrados 1.226 furtos ou roubos de veículos. Uma redução de 7,9% se comparado a 2018.

POLÍCIA MILITAR

Dentro da Polícia Militar (PMRR), o Executivo realizou a nomeação dos classificados do concurso público de 2018: a primeira turma, formada inicialmente pelos 400 aprovados do certame, foi convocada em abril de 2021 e formada em outubro do mesmo ano. À primeira turma, ainda se somam mais 39 mulheres convocadas no mês de outubro do mesmo ano, por conta da reclassificação do certame.

No começo de julho, a segunda turma do concurso público, formada por 124 aprovados, foi incorporada em cerimônia ocorrida na Esplanada do Palácio Senador Hélio Campos. Já o curso de formação da terceira turma, formada por 336 alunos está ocorrendo desde 4 de julho e, com a formatura dessa nova turma, o número de novos policiais militares poderá chegar a 873 (oitocentos e setenta e três).

Foram realizadas também promoções de patentes dentro da corporação, com o intuito de valorizar a carreira policial. No geral, 1.913 promoções de patentes foram feitas em 2019 e 2021, sendo 559 (quinhentos e cinquenta e nove) oficiais e 1.354 (hum mil trezentos e cinquenta e quatro) praças promovidos.

No total, foram investidos R$ 604 milhões na Polícia Militar, empregados na locação e compra de viaturas, armamentos, materiais de consumo, entre outros. Todo esse aparato está sendo utilizado no Polícia na Rua.

POLÍCIA NA RUA

Considerado o maior programa voltado à segurança pública da história de Roraima, a iniciativa reforçou o policiamento na capital e em todos os municípios do Estado.

São 120 viaturas equipadas com câmeras de reconhecimento facial e sistema de inteligência que, junto com o efetivo, fazem toda a diferença na hora de levar um policiamento mais efetivo e próximo à população.

“ Podemos observar o grande investimento que foi feito na segurança pública, nos últimos anos, sobretudo, com o aumento do número de policiais na rua, o que é de suma importância para que o policiamento ostensivo aconteça de maneira efetiva” ressaltou a Subcomandante-Geral da Polícia Militar de Roraima, Coronel Valdeane Alves de Oliveira.