História da Polícia Militar

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, texto
 
A Polícia Militar de Roraima, criada pela lei nº 6.270 de 26 de novembro de 1975, é uma instituição baseada nos pilares da hierarquia e da disciplina militar, cuja missão atual, por força de dispositivo constitucional federal é a preservação da ordem publica, através do exercício da atividade de policiamento ostensivo.
Nenhuma descrição de foto disponível.

Polícia Militar de Roraima (PMRR) tem por função primordial o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública no Estado do Roraima. Ela é Força Auxiliar e Reserva do Exército Brasileiro, e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil.
 

 

Seus integrantes são denominados Militares do estado,[2] assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Roraima.

 

 

Com a criação do Território Federal do Rio Branco, desmembrado do norte do Estado do Amazonas em 1943, foi instituída uma Guarda Territorial (GT).[3] Essa Corporação era civil e tinha por objetivo a manutenção da ordem interna, além da reparação e construção de edifícios públicos, estradas e caminhos, serviços de transportes, e outras atribuições correlatas. Em 1975 a Guarda Territorial foi extinta e criada a Polícia Militar do Território Federal de Roraima;[4] a qual foi efetivamente organizada em 1977.[5] Com a transformação em Estado, em 1988, a Corporação é renomeada.